17 Perguntas e Respostas:

 

 1-Encaminhei meu currículo , por que não fui chamado?

​ Depende de vários fatores, mas o principal fato para te chamarem é a necessidade da empresa, não adianta enviar 100 currículos se não tiver a vaga    aberta que se encaixe no seu perfil.

​ Nenhuma empresa contrata por contratar. Por mais capacitado que seja um profissional e por mais amigo que ele seja do dono da empresa ou do responsável pelas contratações, a organização não pode contratar alguém a não ser que perceba que essa pessoa irá contribuir para os lucros da mesma de forma que tais lucros trazidos pelo profissional superem em muito os custos mensais da contratação. Fora isso, contratar seria desperdiçar dinheiro.

   Contratar alguém envolve todo um processo e muitos custos. Além de se tomar o  cuidado necessário para contratar o profissional certo, a maioria das empresas irá adiar essa contratação enquanto puder aguentar. Veja: um profissional com experiência e capacidade tem um salário, por exemplo, de R$ 3.000,00. O custo desse profissional, no entanto, não é de apenas R$ 3.000,00 para a empresa. Fora o salário, a empresa irá arcar com impostos e contribuições legais, benefícios e vantagens para essa profissional que poderão chegar a uns 70%, 80% do salário. Indo mais além, não esqueça do 13º e férias. Em média um profissional desse custaria para a empresa coisa de uns R$ 65.000,00 por ano. Para ele valer a pena ser contratado, deveria trazer no mínimo uns R$ 300.000,00 por ano em faturamento. Nem toda empresa tem capital para esse custo e nem todo profissional tem competência para trazer todo esse lucro.

O lado do colaborador é um, mas o lado do empregador é outro. Muitos empregadores exigem muito de seus empregados porque, em contrapartida, eles têm obrigações legais muito, muito caras.

Por questões de custo e de tempo não podemos ligar para todos os que nos enviam currículo, só ligamos para os que são compatíveis com os perfis solicitados pelas empresas, até mesmo,  não é justo que façamos todos gastarem com transporte, desperdiçar  tempo e criar falsas expectativas se já sabemos que o perfil infelizmente não servirá.

Temos também que ter um bom senso e nos inscrever em vagas compatíveis com nosso perfil .

 Revoltar-se não ajudará em nada. Ficar ansioso para conseguir um emprego só atrapalha.

Entenda uma coisa: nenhuma empresa é obrigada a te contratar. Talvez você ainda não esteja realmente preparado para o mercado de trabalho da região onde você mora. Ainda mais, estamos num período difícil da economia onde as vagas diminuíram e os desempregos aumentaram.

Que tal usar essa revolta para se preparar melhor?

2- Encaminhei meu currículo, quanto tempo vocês demoram para agendar entrevista?

 Se você estiver dentro do perfil da vaga o tempo que levamos para isso depende da urgência da contratação, podendo se estender por 30 dias, dependendo da disponibilidade das empresas contratantes.

​​

 3- Por que a vaga continua aberta no site e não fui chamado?

​   - Seu perfil profissional não condiz com a vaga.

   - A vaga pode ter sido cancelada.

  - Está sendo anunciada para Stand by, pois se o candidato não der certo, temos que fazer a recolocação o quanto antes e temos poucos perfis de opção para substituição.

  - Já o chamamos para outros processos seletivos você não compareceu e não avisou, infelizmente não é uma atitude responsável e procuramos pessoas responsáveis.

 

 4 -  Precisa ter experiência?

Depende da disponibilidade das empresas, nos preferimos o comportamento ao conhecimento, pois é mais fácil adquirir o conhecimento do que mudar o comportamento.

O que pode ocorrer é que a empresa pode não ter o tempo ou o conhecimento para treinar um cargo mais especifico, ai sim é obrigatório a experiência.

 

 5- Não estou estudando, posso concorrer a  vagas de estágios?

Infelizmente não, para concorrer uma vaga de estágio obrigatoriamente você deve estar matriculado em uma instituição de ensino.

 

 6 –  A vaga não exigia experiência, por que não fui chamado?

Damos preferência ao comportamento e ao tempo de trabalhado em cada empresa, a nossa exigência que os candidatos tenham “tempo” de permanência nos empregos,  independente se coincida com área da vaga ou não.

 Preferimos um candidato que não  tenha nenhuma experiência de emprego ou uma experiência com vários anos do que um candidato com várias experiências de dias e  3 meses.

​ A vaga que se inscreveu pode ter sido cancelada

 

 7- Qual o nome da empresa que vocês estão anunciando a vaga?

​O nome das empresas só  revelamos para os selecionados . Trabalhamos com sigilo. Como por exemplo:

Existem funcionários que vão ser demitidos e não sabem  e  candidatos que podem pular etapas e entrar em contato diretamente com as empresas.

 

 8 – O que exigem para a contratação? (Referente ao perfil da vaga antes de enviar o currículo)

Consulte informações  de salário​, função entre outras no anúncio da vaga, caso não seja disponibilizado de acordo com a CLT, por sua vez, no artigo 373-A, I, veda a publicação de anúncio de emprego no qual haja referência ao sexo, à idade, à cor ou situação familiar, exceto quando a natureza da atividade a ser exercida, exija de maneira inquestionável.

Portanto para evitar qualquer tipo de discriminação, as vagas não conterão essas informações.

Se realmente houver interesse em trabalhar nesse cargo, encaminhe seu currículo que depois todas as suas dúvidas serão sanadas em entrevistas.

 9- Como faço para concorrer a vaga?

​Cadastre-se em nosso site e inscreva-se na vaga desejada.

​10- Não estou conseguindo me cadastrar, o que faço?

​Utilize o Google Chrome, reinicie o navegador.

11- Olhei as vagas no site, mas nenhuma me interessou, devo me cadastrar?

​Sim, pois ficará para vagas futuras.

12- Quais são as vagas em aberto?

Acompanhe nosso site, mural e nossas redes sociais.

​13- Vocês têm outras vagas abertas?

Quando temos um perfil em stand by , ocorre de não divulgarmos nossas vagas.

Temos também outras formas de trabalho além do recrutamento e seleção.

14- Fui selecionada para a entrevista, na segunda etapa não fui contratada e depois  abriram a mesma vaga, será que se eu mandar o currículo tenho chance de ser chamada novamente?

As chances de você ser contratado ou não vai depender do motivo de você não ter sido aprovada. Para aumentar suas chances, continue se aperfeiçoando e buscando as melhores oportunidades.

​​15- Fiz uma seleção e gostaria de saber se fui aprovada?

Se dissermos para você aguardar, você deverá aguardar, pois  também  aguardarmos uma resposta das empresas.

A ansiedade e a pressão sobre os selecionadores não ajudará no processo.

16- Quanto vocês cobram para eu deixar meu currículo ? E se eu for aprovado?

Não cobramos nenhuma taxa.

17- Por que não fui contratado?

  - Sua personalidade não combina com a empresa.

  - Candidatou - se a vagas sem ter qualificação.

  - Não teve comprometimento.

  - Não teve um objetivo.

 - A vaga pode ter sido cancelada ou pausada.

 - Só pensou no salário.

           Segue abaixo um post - Fonte: Passa no RH.

 

 

Não fui contratado, óbvio que o selecionador é incompetente

Há alguns dias recebi a sugestão de uma leitora de escrever sobre o comportamento inapropriado de alguns candidatos que não aceitam terem sido recusados em um processo de seleção. E por coincidência, aconteceu mais um episódio desses comigo nessa semana, onde divulguei uma vaga em uma rede social, e logo veio uma pessoa comentar: “Vocês ficam divulgando vaga mas não contratam ninguém, já levei meu currículo diversas vezes, já fiz entrevista e nunca me chamam... deveriam dar mais atenção... blá blá blá”. São aqueles que não querem apenas saber o motivo, querem mesmo é tirar satisfação, querem questionar os métodos de seleção, querem chamar o selecionador de incompetente porque não os “escolheu”.
Esses são aqueles candidatos que mesmo o selecionador dando o retorno e explicando os motivos da não contratação, ficam insatisfeitos e querem extravasar para o mundo sua frustração e indignação.
Óbvio que é compreensível que um candidato fique chateado por não ter sido selecionado, ainda mais quando está desempregado, ou quando via a vaga como uma grande oportunidade para a carreira. E ainda tem a questão do Ego, pois quem é que gosta de saber que outra pessoa foi considerada “melhor”? Ainda mais quando se tem um perfil competitivo demais. Mas o mundo não acaba com um NÃO do selecionador, é vida que segue, e ter um comportamento explosivo só vai piorar sua imagem.
Uma seleção é algo muito complexo porque são muitos fatores envolvidos, como o perfil do candidato, o perfil do entrevistador, o perfil da empresa, o perfil da direção, a urgência da vaga, etc, etc.. O candidato pode ser qualificado demais, ou qualificado de menos, pode ter referências ruins, pode não ter se saído bem na entrevista, pode não ter transmitido firmeza ou segurança nas suas colocações, ou seja, são muitos os fatores que levam a uma recusa na contratação. E logicamente, pode ser que o candidato era perfeito mas simplesmente a empresa optou por outra pessoa que também era perfeita, a empresa tem o direito de contratar quem bem entender, da mesma forma que o candidato selecionado só vai aceitar a oferta da empresa se ele quiser, ninguém é obrigado a nada!
Muitas vezes o feeling do selecionador apita e diz que por mais que o candidato possua qualificações, há alguma coisa nele que não bate, aquela sensação de que ele não seria um bom funcionário. E nessa hora o selecionador pode acertar em cheio ou errar feio e deixar escapar o candidato que seria ideal. Porém, se o candidato que foi recusado surtar, agir com má educação e ficar criticando a empresa para o mundo, ficar se fazendo de vítima e repetindo o discurso de que tem filho para sustentar, só comprova que o selecionador estava certo em não contratá-lo, pois imagina trabalhar com uma pessoa dessas? Lembram dos 10 perfis tóxicos postados aqui na página? Pois é, o selecionador tem a missão de tentar identificar os indícios de perfis tóxicos antes destes entrarem na empresa.
Pois um bom funcionário não é feito só de experiência e formação, o que se busca hoje, além de currículo, é inteligência emocional, empatia, pessoas adaptáveis.
As empresas precisam mais do que nunca de gente que saiba trabalhar com gente. 
E quem ainda não aprendeu a aceitar os “nãos” da vida, vai ter muita frustração pela frente.

Se suas dúvidas não foram citadas, entre em contato conosco:

Teremos o maior prazer em atendê-los!

(14) 33017435 / 33017442 (14) 997087442.